Entenda como funciona a prótese fixa e quando ela não deve ser considerada

A perda de um ou mais elementos dentários pode ser provocada por diversos motivos, dentre eles:

  • Traumas que provocam fraturas radiculares;
  • Casos não tratados de cáries que acometem severamente a saúde do dente;
  • Doença periodontal em estágio avançado.

Esses fatores são acentuados quando há falta de higienização adequada, corroborando para aumentar as chances de um quadro irreversível que resulte na perda dental. Em casos como esses, a autoestima do paciente é afetada, prejudicando também aspectos funcionais associados a oclusão, mastigação e dicção. Esses fatores comprometem a qualidade de vida da pessoa, de modo que uma das formas de contornar essa situação é o uso da prótese fixa.

Sendo assim, a prótese fixa é usada como forma de reabilitar a função dentária, ajudando o paciente a mastigar sem dificuldades. A sua fabricação é feita de maneira personalizada e conta com uma variedade considerável de materiais, como a cerâmica, pcelana, acrílico e o metal. Essas estruturas podem ser usadas em caso de substituição unitária ou múltipla.

Por que a prótese fixa ainda é uma boa opção

As próteses ainda são boas alternativas para pessoas que sofreram com a perda dos dentes. A importância da prótese fixa é sustentada pelo fato de que ela:

  • Ajuda a manter um sorriso mais bonito e equilibrado;
  • Melhora o a qualidade de vida pois proporciona melhores condições funcionais e psicológicas que ajudam a manter um bom convívio social;
  • Normaliza a oclusão;
  • Melhora a dicção, a reprodução de sons e, consequentemente, a comunicação.

Os cuidados com a prótese fixa devem ser seguidos para que esta possa durar por mais tempo. É importante realizar a devida limpeza, análoga a praticada para os dentes naturais, sendo recomendada a escovação, uso do fio dental e enxaguante bucal.

Formas alternativas para quem não pode usar prótese fixa

Existem casos em que a prótese fixa não é indicada. Quando não há uma estrutura óssea apropriada para dar o devido suporte, assim como a falta da saúde periodontal, o uso da prótese fixa pode prejudicar a saúde bucal do paciente.

Dessa forma, o dentista pode indicar formas alternativas para substituir os elementos ausentes, como os implantes dentários e as próteses móveis, por exemplo.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta ideal atende prótese fixa: