Quando e como utilizar prótese dentária provisória

Andar por aí sem todos os dentes na boca pode ser desconfortável para qualquer pessoa. Se o paciente perdeu os dentes e está em tratamento, existe uma alternativa para que a estética do sorriso seja mantida: a prótese dentária provisória.

O procedimento é exigido em alguns casos. O primeiro deles é no processo anterior aos implantes definitivos, para garantir ao indivíduo a mastigação correta. O segundo está no momento logo após a extração dos dentes: pelo inchaço da cirurgia, é possível que o paciente saia do consultório já com a prótese dentária provisória. A terceira e última situação é o uso de um dente temporário enquanto o definitivo está sendo moldado.

Tipos de prótese dentária provisória

O tratamento para conquistar novamente um sorriso bonito com próteses temporárias conta com duas opções: a removível e a fixa.

A prótese dentária provisória removível substitui os locais vazios da gengiva onde os dentes foram perdidos. Com essa técnica é possível retirar a base que segura o dente de acrílico para higienizá-lo. No entanto, ao contrário das próteses removíveis comuns, a temporária possui uma estrutura mais espessa que pode ser incômoda durante a adaptação.

Já a prótese dentária provisória fixa, além de assegurar o sorriso e mastigação correta, tem como objetivo garantir a reabilitação da gengiva e a preparação dela para que receba os dentes definitivos de porcelana.

Cuidados com a prótese dentária provisória

Assim como todo procedimento odontológico, a aquisição de próteses temporárias também deverão ter atenção pelo paciente.

  • Não permanecer com a prótese por mais de 60 dias, depois do prazo, realizar outra;
  • Evitar mastigar alimentos duros, como cereais, torradas e legumes crus;
  • Evitar alimentos e bebidas muito quentes ou frios;
  • Dobrar a frequência de escovação dos dentes.

Caso os alertas não sejam devidamente seguidos, alguns acidentes podem ocorrer ao utilizar a prótese dentária provisória. Um deles é a possibilidade da prótese fixa cair durante a mastigação, devendo procurar o dentista dentro de 2 ou 3 dias para recolocar no lugar.

Outra possibilidade é da infiltração de cárie dentária se o houver o uso contínuo da prótese para além dos 60 dias permitidos.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta ideal atende prótese dentária provisória: